Portuguese

Os Seis Cegos e o Elefante

Era uma vez seis cegos que todos os dias ficavam na beira de uma estrada e pediam esmola às pessoas que passavam. Eles costumavam ouvir sobre elefantes, mas nunca tinha visto um - já que eram cegos.

O Menino Órfão que Foi para Lagos

O Menino Órfão que Foi para Lagos

Ali, o astuto contador de estórias

Era uma vez, na cidade de Túnis, um rei que não tinha nada para fazer. Ele se sentava todo dia sobre suas almofadas macias e escutava estórias o dia inteiro. Não se importando que estória fosse, ele nunca se cansava de escutá-la, mesmo que fosse muito longa.
"Só vejo um problema na sua estória," ele costumava dizer: "ela é muito curta."
Todos os contadores de estórias do mundo foram convidados ao seu palácio, e alguns deles contaram estórias realmente longas. Mas o rei sempre ficava triste quando uma estória acabava.

Amadou, o homem sábio

.Em Timbuktu, Mali, vivia um homem muito sábio cujo nome era Amadou. Vinham homens de todas as regiões para vê-lo e ouvi-lo falar.
Porém, mesmo sendo sábio, tinha modos muito estranhos. Ele acreditava que nenhum homem deveria ter mais coisas do que realmente precisava e que ninguém precisava de muitas coisas. Portanto, ele não vivia numa casa e dormia somente num colchão, o qual enrolava pela manhã e levava consigo a todos os lugares. Passava seus dias sentado sob o sol, dizendo coisas sábias às pessoas que o rodeavam.

Soulé Preguiçoso

Era uma vez um rapaz que se chamava Soulé e vivia com a sua mãe numa aldeia remota. Eram muito pobres e a velha mulher ganhava a vida tecendo, mas Soulé era tão preguiçoso que não fazia nada a não ser brincar o dia todo. Por isso lhe chamavam Soulé Preguiçoso. A mãe não conseguia que ele lhe fizesse nada e, um dia, por fim, disse-lhe que se não começasse a trabalhar para comer, o mandaria embora de casa.

O leopardo e o viajante

O caminho de Ojo, um viajante, levou-o através de uma floresta. Quando chegou perto de uma aldeia, que ficava à beira do caminho, encontrou um leopardo preso numa jaula de aço. A jaula era uma armadilha que tinha sido montada pelos habitantes de uma aldeia vizinha e tinha sido construída de tal jeito que, mal um animal nela entrasse, ficaria impossibilitado de sair, a não ser que fosse aberta pelo lado de fora.

Femi e Simi na Floresta

Era uma vez, há muito, muito tempo, um lenhador muito pobre que vivia com a mulher e os filhos – um menino e uma menina – numa cabana à beira de uma grande floresta. Ele chamava-se Femi e ela Simi, mas, para dizer a verdade, a mulher era sua madastra porque a mãe deles tinha morrido há vários anos. Tinham apenas o mínimo para viver, mas, quando uma grande fome se abateu sobre eles, o lenhador nem pão tinha para alimentar os filhos.

O homem insensato rico

Era uma vez um homem rico. Seu nome era Dawodu e ele era de fato tão próspera que foi feito a um chefe em sua cidade. Mas Chefe Dawodu também foi muito mal humorado e passou todos os seus dias na malícia. Apesar disso, ele nunca deixou de ir à igreja todos os domingos.

Tell Us A Story !

Files must be less than 8 MB.
Allowed file types: mp3 wav wma.
Leave blank to use trimmed value of full text as the summary.
Description of story
Type your name here
Type Your Email Here
Upload a replacement picture for your story
Files must be less than 64 MB.
Allowed file types: png gif jpg jpeg.
CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.

Vertical Tabs

Subscribe to RSS - Portuguese